Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 16-07-2018 às 04:55

Veganismo: é difícil aderir?

| Creditos: PixaBay

O veganismo é a prática que consiste na exclusão do consumo de produtos de origem animal em todos os setores, não apenas na alimentação. Influencia a escolha de itens de vestuário, utensílios, cosméticos, opções de entretenimento entre outros. Embora não haja um levantamento oficial acerca do número de veganos no Brasil, é possível observar o constante aumento de pessoas que optam por esse estilo de vida. A Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) estima que cinco milhões de pessoas já aderem ao veganismo no país.

A alimentação vegana é considerada saudável; no entanto, qualquer mudança alimentar exige cuidados. Quanto mais restrita for a dieta, maior deve ser a atenção para que sejam adquiridos todos os nutrientes dos quais o organismo precisa. Por isso o acompanhamento nutricional é tão importante.

Antes de aderir à prática, é imprescindível procurar um nutricionista para conversar sobre o tema, afinal, tornar-se vegano não se trata apenas de cortar alguns alimentos da dieta. Nesse processo, também é preciso incluir outros, a fim de que não haja qualquer deficiência nutricional. A mudança de cardápio envolve, ainda, o conhecimento da quantidade de alimentos que devem ser consumidos diariamente. 

As dietas veganas podem ser carentes de Vitamina B12, essencial para a formação de hemácias e para o bom funcionamento do sistema nervoso central. Também é preciso estar atento aos alimentos que substituirão a carne, apesar de não serem a única fonte de Ferro, é importante realizar o consumo de boas fontes, associada a ingestão de Vitamina C, para melhor absorção do nutriente.

Uma alternativa interessante na prática do veganismo é aumentar o consumo de leguminosas, como feijões, soja, lentilha, grão-de-bico e das oleaginosas, como nozes, castanhas e amêndoas.

Adquirir mais conhecimento sobre o assunto com a ajuda de um profissional certamente irá contribuir para uma alimentação vegana mais saudável. 

 

* Patricia Oliveira é nutricionista do HSANP, centro hospitalar localizado na zona norte de São Paulo.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.