Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-09-2018 às 08:22

Dicas para criar um coelho

Aprenda a cuidar de um coelho da forma certa

| Creditos: Shutterstock

Coelhos são bichos fofos e espertos que muita gente gosta de criar como um bicho de estimação, pois gostam da ideia de brincar com o animal e vê-lo pulando pela casa. Mas, o coelhinho pode até parecer um bichinho de pelúcia, mas não é, e exige cuidados especiais. Confira tudo o que você precisa saber para ter um coelho em casa e mantê-lo sempre limpo, feliz e saudável.

 

Alimentação

Coelho não come só cenoura e também não come só ração. Veterinários especializados na criação de coelhos domésticos recomendam uma alimentação composta de oitenta por cento de alimentos de fibras longas como capim e feno de alfafa e vinte por cento de ração especial para coelho. Para complementar e enriquecer a dieta, o coelho também pode comer folhas escuras como é o caso da couve, da rúcula e do agrião. Os bichos podem comer cenoura, mas não todos os dias.

Os coelhos comem o dia inteiro e por isso a comida tem que ficar exposta para ele, ou você deve lhe dar comida várias vezes por dia. Não dê alfaces ou outras folhas claras para o coelho e não lhe dê frutas, eles podem ter diarreia ou outros problemas digestivos.

 

Brincando com o coelho

Os coelhos não são como cachorros, que irão correr atrás de você para brincar, mas também precisam de atenção. Eles costumam ser sociáveis, mas isso varia de coelho para coelho, pois são bichos de personalidade forte. Eles podem ser condicionados a alguns treinamentos básicos como fazer suas necessidades apenas em um local. Nem todos eles gostam de brincar com os humanos, mas gostam da atenção e do carinho. Teste seu coelho e veja o que ele gosta, mas não force nada, ou ele pode ficar estressado. Se você adotou ou comprou coelhos novinhos eles podem ser mais fáceis de ter a socialização com humanos estimulada e podem ser mais brincalhões.

 

Veterinários

A cada dois ou três meses, os coelhos precisam ir ao veterinário fazer o desgaste dos dentes, pois seus dentes costumam crescer muito. As vacinas que eles precisam tomar são iguais aos dos cachorros e gatos. Leve seus coelhos anualmente ao veterinário para vacinar e não se esqueça de leva-lo à vacinação contra a raiva, se essa não estiver incluída no pacote do seu veterinário.

Caso você tenha fêmeas, é recomendado castra-las a não ser que você queira criar coelhos. Coelhas que não se reproduzem acabam tendo problemas de infecção uterina e tumores nas mamas.

Sinais de doenças são facilmente reconhecidos: Evacuam com menos frequência e emagrecem muito rápido (o metabolismo do coelho é muito rápido).

 

Gaiola​

É mais recomendado que os coelhos sejam criados em gaiolas especiais, a não ser que você viva em um local com muito espaço e pode criar um cantinho somente para ele. Quem cria coelho dentro de casa, pode deixa-lo a maior parte do dia em uma gaiola em que ele possa se movimentar à vontade, e solta-lo por um tempo para que ele possa pular pela casa, mas fique atento a ele! Eles são rápidos e curiosos, causando alguns acidentes.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.