Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 17-07-2018 às 16:56

Coach resolve problemas profissionais através dos pessoais

| Creditos: PixaBay

Um executivo que não está desenvolvendo suas atividades de maneira plena e resolve buscar os trabalhos profissionais de uma coach quer descobrir o que mudar na sua carreira para ser mais feliz. Depois que o trabalho começa, o estressado executivo descobre que a raiz de seus problemas não está no escritório, mas sim na sua vida pessoal.

Para a Master Coach, Bianca Caselato, é muito comum pessoas buscando um coach profissional e descobrindo que o problema requer um trabalho de coach pessoal da mesma maneira em que muitos chegam buscando um Life Coaching e descobre que o que ela precisa é um trabalho de coach profissional:

"A essência é a mesma. Eu recebo profissionais que acabam entrando em uma linha de coach pessoal, pois descobrem que suas vidas pessoais estão atrapalhando todo o seu progresso profissional e nós sabemos que os problemas domésticos tiram o foco de alguma maneira. Um problema de relacionamento dentro de casa pode chegar no trabalho e esta pessoa leva o estresse junto, sem conseguir dar o seu melhor. A pessoa fecha a porta do carro com todos os problemas e leva para o escritório. Já chega sem energia."

Caselato entende que mesmo que a pessoa não leve o assunto para o  trabalho, os seus pares percebem o bem estar da pessoa no ambiente de trabalho.

 

Raiz dos problemas tem um fundo pessoal

Bianca explica que a maioria esmagadora dos problemas dentro de um ambiente de trabalho ou de estudo (faculdades, etc)  que tira a dedicação e a paciência da pessoa tem uma raiz pessoal - que pode ser questão familiar ou da insatisfação da própria pessoa:

"Tudo é pessoal, pois tudo parte de questões internas. Tem gente que não alcançou o seu objetivo profissional pois ela mesma não sabe quem ela é internamente e isso se reflete no trabalho com insegurança, excesso de arrogância, em não saber ouvir e se fazer ser ouvido perante os colegas." finaliza Bianca.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.