Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 15-11-2018 às 02:52

Usar shampoo detox ou anti-resíduo

Especialista esclarece a opção correta para os cabelos

| Creditos: PixaBay

A limpeza diária deixa resíduos nos fios e, com o tempo, parece que os produtos usados com frequência param de funcionar. O acúmulo excessivo de cosméticos é responsável pelo "mito de que o cabelo acostuma", como destaca Renata Marques, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), que esclarece que tecnicamente este efeito é chamado de "build up".

"O shampoo que usamos no dia a dia contém cargas negativas, enquanto a máscara ou condicionador contém cargas positivas. Quando colocados em contato na quantidade certa durante o banho, eles se neutralizam”, explica.

O processo funciona mais ou menos assim: o shampoo retira a oleosidade e os resíduos, enquanto o condicionador repõe o necessário para a saúde do fio. Para identificar se o seu cabelo está sofrendo o efeito “build up”, a dica é verificar logo após o banho se ele está sem movimento, muito opaco ou com excesso de oleosidade. "Isso significa que o seu fio está com sobreposição de produto e já não absorve mais os seus benefícios", complementa

Os shampoos detox e anti-resíduos devem entrar em ação nesta hora. Você só precisa estar atento a qual deles recorrer para cada necessidade.

Quem precisa de um tratamento profundo pode optar pelos anti-resíduos. A dermatologista explica que eles são mais agressivos e contêm uma quantidade maior de detergente, para limpeza profunda, sendo responsáveis por remover o excesso de sebo, além dos resíduos. Por terem um ph mais alto, abrem a cutícula do cabelo e podem alterar o resultado da escova progressiva. "O ideal é usá-lo apenas uma vez por mês", orienta ela.

O shampoo anti-resíduo também remove células mortas que ficam no couro cabeludo, estimulando o crescimento saudável dos fios. Mulheres que fazem coloração, no entanto, devem ter atenção ao uso, porque, de acordo com a especialista, o shampoo pode alterar o pigmento e fazer a tonalidade desbotar. "Como o anti-resíduo abre a cutícula, o mais indicado é fazer uma hidratação após o uso, porque com as cutículas abertas o produto penetra melhor no fio, potencializando o resultado", detalha. 

Já o detox, garante a dermatologista, é menos invasivo e pode ser usado diariamente. O shampoo deste tipo elimina as impurezas de forma mais suave, nutre e ainda oxigena o couro cabeludo. E pode ser usado por quem é adepto da progressiva.

"Muitas substâncias contidas no produto ainda ajudam a proteger os fios do calor, ajudam no combate aos radicais livres, restauram a saúde do cabelo, proporcionam melhor distribuição dos nutrientes e, após o processo, a circulação sanguínea funciona melhor. O resultado é um cabelo mais limpo, solto da raiz as pontas e até com mais volume", finaliza.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.

Abdul Qadoos . 06-09-2018 05:57hs

Esse comentário foi vetado por conter acusações sem provas ou palavras impróprias.