Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-09-2018 às 18:53

Quer mudar de área? Deixe seu currículo bem específico

| Creditos: Divulgação: KAKOI Comunicação

Mudar de área não é (e nunca foi) uma tarefa fácil. Abandonar uma carreira, deixar para trás todo o estudo que foi feito para dar um novo start e encarar um trabalho fora do que era a sua zona de conforto é um grande desafio. E sim, chega um momento na vida em que algumas pessoas querem mudar de área.

São pessoas que passaram a vida toda trabalhando em um setor e que por um motivo ou outro resolveram dar uma guinada em suas vidas deixando uma vida inteira para trás para abraçar uma nova carreira. Um dos problemas desta mudança é saber se posicionar a começar pelo currículo.

Patrícia Mello, analista de recrutamento e seleção da RH Nossa, explica que é comum candidatos encham seus currículos com diversas especialidades atirando para todos os lados na esperança de serem chamados para uma entrevista de emprego.  O que estes candidatos não sabem é que esta é a maneira errada de começar a trilhar um novo caminho laboral:

"Primeiro a pessoa vai precisar buscar desenvolvimento e capacitação na área que ele almeja exercer. Não tem como virar especialista do dia para a noite sem esta busca por conhecimento prévia."

 
Um currículo para cada tipo de vaga

A analista de recrutamento explica que existem candidatos com diversas experiências que mandam um currículo focado apenas em um determinado ponto ou reforçam uma experiência que eles tem, mas que não são as características preferidas para a vaga. É preciso ter coerência na hora de cadastrar o currículo:

 "É uma prática comum as pessoas colocarem todas as experiências que elas acham relevantes de maneira desordenada, Na realidade, o ideal é desenvolver currículos diferentes para cada área de atuação de acordo com o objetivo final. Se a meta é trabalhar com vendas, o certo é colocar toda a experiência que o qualifique para tal tarefa e deixe de lado experiências que não tenham nenhuma relação. Se o objetivo for ser um gestor, faz um novo só com atividades que validem esta habilidade. Tudo em um mesmo currículo não funciona e passa a ideia para o recrutador de que a pessoa está perdida."

Caso a pessoa ainda não tenha nenhuma experiência, o ideal é ir em busca de cursos da área ou fazer alguns estágios para mostrar no currículo que está empenhado em aprender um novo ofício.   

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.