Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 20-10-2018 às 09:02

BPW Cuiabá dá o primeiro passo para atuação na “Cidade de Maria”

O primeiro projeto da parceria será o "Mulher Empoderada & Empreendedora", que atenderá ao tema estabelecido pela Organização das Nações Unidas-ONU, na CSW/62 voltado para as mulheres rurais

Reunião na Secretaria de Desenvolvimento Rural: Em pé Eliseu Tirlani e José Eugênio, sentadas da esquerda para a direita: Sueli Batista, Iracema Caldas, Zilda Zompero, Valéria Pires e Elizabeth Leite | Creditos:

O primeiro passo para atuação efetiva na parceria da  Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais -BPW Cuiabá  com a  Cidade de Maria- complexo sustentável, religioso e inteligente foi dado na manhã do dia 13 de junho.  A criadora do projeto “Comunidade de Aliança”, Iracema Caldas, a presidente Zilda Zompero e a conselheira superior  da organização, Sueli Batista participaram de reunião de trabalho com gestores da Prefeitura Municipal de  Nossa Senhora de Livramento. Participaram da reunião o secretário de Desenvolvimento Rural, José Eugênio Maciel e a secretária de Assistência Social, Elizabeth Leite de Oliveira Teodoro.

Diagnóstico do entorno

Para que inicie um trabalho para elaboração específica de um projeto sustentável junto a comunidade do entorno da Cidade de Maria, que será construída na região pantaneira, há  25 quilômetros da capital mato-grossense, município de Nossa Senhora do Livramento,  a BPW Cuiabá necessitará de um  diagnóstico econômico, educacional e social. A presidente Zilda Zompero deseja com isso, atender ao tema estabelecido pela Organização das Nações Unidas-ONU, na CSW/62 -Sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher, que acontece todos os anos em Nova Iorque-EUA, e que neste ano discutiu em março, os desafios e oportunidades para alcançar a igualdade de gênero e o empoderamento de mulheres e meninas rurais.

Sueli Batista, que expert em projetos, disse que é preciso saber o que a comunidade deseja, levantar suas necessidades para ir ao encontro de seus anseios. A organização terá por objetivo inicial, atender quatro comunidades, beneficiando com projetos de responsabilidade social, visando o empoderamento e o empreendedorismo, de mulheres rurais.

Ambos secretários se comprometeram em fazer o levantamento para o diagnóstico e assim que estiverem com as informações que subsidiarão o projeto Mulher Empoderada & Empreendedora, será  dado o início das primeiras ações para a execução do projeto junto a comunidade. Iracema lembrou que consta na missão da Cidade de Maria erradicar a pobreza e a injustiça social, edificando um sistema econômico e uma sociedade humana de partilha. O projeto, entretanto, vem ao encontro do que se pretende para o local, onde futuramente terá o Centro de Empreendedorismo da BPW.

José Eugênio falou que o município com apoio do Sebrae já está iniciando um trabalho sustentável, tendo programas voltado ao peixe, ao leite e  hortifrutigranjeiro. São desenvolvidos projetos tanto nas áreas de produção, quanto de gestão e comercialização.  Ocorre também, mensalmente com data fixa uma feira que contempla a agricultura familiar, a gastronomia, a arte e a cultura. O Sebrae desenvolveu uma marca que irá como selo em todos os produtos que recebeu o nome de “É de Livramento”. Além disso para assegurar a qualidade o Serviço de Inspeção Municipal expede um selo para os produtos que obedecem todos os requisitos de qualidade, englobando as instalações dentro das normas de higiene.

As dirigentes da BPW e a coordenadora do projeto mantiveram, na oportunidade, contatos com a analista técnica do Sebrae, Valéria Pires, que está atuando no projeto do Peixe, e o técnico de Desenvolvimento Rural da Prefeitura de Livramento, Eliseu Tirlani, que atual  nos projetos citados.

Sobre a Cidade de Maria

O projeto da Cidade de Maria foi idealizado por  Iracema Caldas há 7 anos, e surpreendeu por sua grandiosidade. No complexo será instalado o Hospital Beneficente São Pio - Amigos da Visao, ideia do empresário Sadi dos Santos, com capacidade para seiscentas consultas dia e mil cirurgias mês; o  Santuário destinado a Nossa Senhora Desatadora dos Nós, da qual Iracema é devota; áreas residenciais, onde serão edificadas, baseadas no conceito de sustentabilidade, o “Senior Living” ou Moradia de Idosos e a “Street Maal” um espaço privilegiado para vivência concreta e aplicação, na prática, da economia de partilha, onde indústria e comércio serão fontes geradoras de emprego e renda, e terá  local de estudo para estudantes das universidades e institutos de educação, e o Centro de Empreendedorismo BPW, que surgiu no âmbito das discussões da parceria da organização no local.

Após a reunião ocorreu a segunda visita da BPW à Cidade de Maria, quando foi mostrada as instalações da casa, na qual será estruturada a sala de treinamento  do projeto piloto. "Um passo inicial muito importante para se avançar", diz a presidente Zilda Zompero.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.

SILVANA MOURA ALVES . 13-06-2018 17:23hs

Incrível iniciativa!! As mulheres e meninas nas comunidades rurais sairão da invisibilidadé. Orgulho fazer parte desta associação que empodera e transforma.