Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 23-06-2018 às 09:37

Sozinho? A ciência pode te ajudar a conquistar alguém

Muito além do romantismo, especialistas estabelecem fórmulas de conquista

| Creditos: Divulgação: Prezz Comunicação

Fruto do acaso ou do destino. O fato é que a paixão possui diferentes explicações nos livros, filmes e nas pequenas histórias do dia a dia. Dois corações se cruzam e a magia acontece. Para quem está em busca de seu par perfeito neste Dia dos Namorados, a ciência busca explicações mais concretas e objetivas da “fórmula do amor”. E o resultado revelou as estratégias usadas na conquista e para manter uma união estável e duradoura: enquanto homens gostam de exibir recursos, as mulheres se dedicam aos cuidados com a aparência.

Estas foram as constatações de uma recente pesquisa de “mecanismos de retenção de parceiros” da Universidade Federal do Ceará em parceria com a Universidade de Oakland, dos Estados Unidos. Para os estudiosos, esse é um comportamento de brasileiros, mas que se reflete também em outras nacionalidades por questões evolutivas humanas.

“Pode parecer um tanto insensível para os mais românticos tentar mensurar a atração. Mas o que se avaliou durante a pesquisa foram os instrumentos utilizados para a conquista. E de acordo com o estudo a explicação está nas teorias da evolução. Os homens tendem a enaltecer seu papel de caçador e provedor, enquanto as mulheres instintivamente exibem seu potencial reprodutor”, destaca a psicóloga Lia Clerot.

Outra pesquisa que tentou estabelecer como surgem as relações amorosas foi realizada Universidade do Texas, nos Estados Unidos. Neste caso, as conclusões mostram que o tempo de contato entre as pessoas é fundamental para que a atração floresça, conforme explica Lia. “O estudo quebra aquele velho ditado de que os opostos se atraem. Ele demonstrou que pessoas com gostos parecidos e que convivem juntas por mais tempo tem inclinação maior a se relacionarem”.

E isto significa uma boa notícia para aqueles que querem passar o Dia dos Namorados com aquela pessoa que considera “areia demais para o caminhãozinho. Sim, é possível conquistar aquela pessoa que seria muito mais atraente fisicamente! De acordo com o levantamento, a perspectiva de beleza do outro pode mudar conforme vão se conhecendo. A psicóloga explica que nessa hora começam a se destacar aspectos da personalidade e outros predicados ganham destaque. “Além da atração física pode nascer uma admiração de ideias, pensamentos, gostos e também verificadas compatibilidades”, comenta Lia.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.