Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-02-2019 às 11:21

8 Erros que você comete ao pintar as paredes da casa

Combinar as cores demais, só usar tons neutros ou não dar atenção para o tipo de acabamento da tinta são só alguns dos erros que acontecem na hora de pintar as paredes da casa.

| Creditos: Shutterstock

#1 Ter muito medo de errar...

E acabar se jogando só nos tons neutros. Da mesma forma que exagerar em cores vibrantes é ruim, não ter cor nenhuma também é. Um dos maiores erros na pintura da casa está em não criar um contraste.

#2 Combinar demais

É extremamente tentador e simples escolher a cor da parede de acordo com o tom predominante na decoração, mas não se renda tão fácil. O resultado será um ambiente pesado e enjoativo. Aposte em uma cor parecida, mas em uma tonalidade bem mais suave do que a referência principal.

#3 Exagerar na cor

Uma vez que você se apaixonou por uma cor, é muito fácil acabar extrapolando e esquecer de equilibrar o ambiente com tons neutros. Acrescentar alguns toques de branco ou cinza ajudam a trazer um descanso para o olhar.

#4 Pintar o teto de branco

O teto, apesar de ser grande, acaba não recebendo muita atenção. Na hora de pintá-lo, evite a cor branca, pois ela traz um pouco de pigmento cinza, que deixa o ambiente mais frio. Opte por um tom creme no lugar, que deixará o espaço mais confortável. Devido à dificuldade, é recomendável contratar um profissional para essa tarefa, ok?

#5 Usar cores totalmente diferentes em cada ambiente

Já é esperado encontrar um ambiente relaxante e tranquilo na sala de estar ou um cantinho livre e surpreendente no lavabo. Mas, apesar disso, é interessante que todos os ambientes sigam uma certa linha, estejam conectados, mesmo com cores diferentes. A casa e todos os seus cômodos precisam trazer a sensação de unidade.

#6 Usar a mesma cor na casa inteira

Sim, a palavra de ordem é equilíbrio. Não variar os tons deixará o seu lar cansativo, então, uma das melhores opções é criar um esquema com duas cores diferentes, que não deixam os ambientes monótonos ou engessados.

#7 Não dar atenção ao tipo de acabamento

Um acabamento fosco, por exemplo, permite disfarçar alguns defeitos na superfície, mas, por outro lado, também tende a acumular mais sujeira, por ser muito poroso. Já os acabamentos do tipo acetinado e semibrilho são mais resistentes e facilitam na hora da faxina. Por isso, pense bem na hora da escolha do tipo ideal para a sua casa.

#8 Mudar tudo de uma vez só

Com todas as questões que cercam esse universo da pintura de paredes, é compreensível que você não queira ter dores de cabeça trocando o visual de todos os ambientes. Mas, tente ver a casa como você, que muda de estilo pessoal de tempos em tempos. Não se sinta pressionado a mudar a casa toda de uma vez. Comece por um ambiente, experimente e, aos poucos, vá transformando o seu lar.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.