Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-08-2018 às 01:33

Nutricionista dá dicas de opções saudáveis

| Creditos: PixaBay

Em 28 de maio foi comemorado o Dia do Hambúrguer. Este tipo de preparo da carne foi criado na cidade de Hamburgo, na Alemanha, daí a origem do nome. Mais tarde, os imigrantes alemães levaram o hambúrguer aos Estados Unidos, onde foi acrescentado o pão à carne, tornando-se comum em lanchonetes do mundo todo. Embora calórico, tendo em média entre 200 a 250 kcal numa porção de 120g, a versão caseira ou artesanal do hambúrguer pode ser saudável. “Há benefícios se for constituído por carne magra, como patinho, alcatra e maminha, e uma parte menor e controlada de carne gorda, como fraldinha e contrafilé. As vantagens são especialmente a boa oferta de proteínas, vitamina B12 e zinco”, explica a nutricionista do Hospital e Maternidade São Cristóvão, Cintya Bassi. Também existem opções menos calóricas, como de frango, e ricas em outros nutrientes, como o salmão que é fonte de ômega 3. 

Outra dica para um hambúrguer mais saudável é controlar a quantidade de sal e optar pelos preparos grelhado ou assado, podendo até adicionar linhaça, aveia ou chia. “Ainda, há versões mais diferentes, como o hambúrguer de soja, abobrinha ou berinjela. Na montagem do lanche, prefira pão integral e queijos com menor teor de gordura. Acrescentar hortaliças, como tomate, alface, rúcula, pepino e cebola também melhoram o valor nutricional”, aconselha Cintya. Mais receitas possíveis de preparar em casa são com peito de peru, grão de bico, lentilha, camarão e atum.

Também os queijos amarelos devem ser evitados, principalmente o cheddar, parmesão e gorgonzola, além do bacon, que é rico em gordura saturada, e os molhos especiais. No entanto, a especialista lembra que também é preciso atenção à escolha dos acompanhamentos, como batata-frita, milk shake e refrigerante, que pode ser substituídos por suco natural.

Entretanto, ela tranquiliza caso vez ou outra opte por um lanche de hambúrguer mais calórico. “Não precisa sentir culpa se esse tipo de refeição for uma exceção na rotina, algo esporádico. Para quem consegue durante a semana manter uma dieta equilibrada, um hambúrguer ocasional não prejudicará a saúde. O importante é equilibrar as refeições. Se já souber que à noite será uma refeição com maior teor de calorias e gordura, vale reforçar o organismo durante o dia com alimentos leves, além de não descuidar da hidratação”, finaliza.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.