Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 23-06-2018 às 09:33

Conheça os mitos e verdades sobre chopes

Especialista da microcervejaria Ashby fala sobre a diferença entre o chope e a cerveja, a função do colarinho e a ressaca

| Creditos: PixaBay

Para quem gosta de chope não é necessário ser especialista em maltes, lúpulos e leveduras para se apaixonar por este mundo. Com os milhares de apreciadores também surgem os mitos sobre a bebida. Para desmistificar alguns pontos, Scott Ashby, da microcervejaria Ashby, de Amparo, interior de São Paulo, elencou os principais. Confira:   

 

- Verdade: Chope e cerveja é a mesma bebida?

Sim, é a mesma bebida. A diferença é que a cerveja passa por um tratamento térmico para aumentar o prazo de validade do produto. Já o chope, que é não pasteurizado, tende a ser mais fresco e com um prazo de validade mais reduzido.

 

- Verdade: O colarinho tem função?

Tem gente que não faz questão do colarinho. A espuma, que forma no copo ao servir o chope ou cerveja, é natural do produto e dá a condição de sentirmos os aromas produzidos pelos maltes e lúpulos utilizados no processo. Tradicionalmente, são deixados dois dedos de espuma no copo.

 

- Mito: O chope dá mais ressaca, se comparado às outras bebidas

O chope não é o vilão da história. Na verdade, o álcool é o responsável pelos sintomas indesejados no dia seguinte, sem contar com a comilança de acompanhamentos nem sempre “lights”. Uma sugestão importante, além do consumo moderado, é intercalar um copo de chope com um copo de água.

 

- Mito. Quem bebe chope não tem um estilo de vida balanceado

Completamente mito. Assim como o vinho, o chope é feito de ingredientes naturais que contém vitaminas, minerais, além de ser rica em antioxidantes, sendo benéfico para o ser humano. Mas atenção, é preciso consumir com moderação.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.