Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-10-2018 às 06:10

Brasileiros vão tocar na Copa do Mundo da Rússia

A banda Selvagens à Procura de Lei, natural do Ceará – um dos nomes do Lollapalooza Brasil – foi confirmada ontem como um dos doze nomes que representarão o Brasil com shows na Rússia durante a Copa do Mundo

Selvagens à Procura de Lei | Creditos: Dario Matos

Após apresentações nos festivais Lollapalooza Brasil e Maloca Dragão – onde gravou o primeiro DVD, que pretende documentar a história da banda -, a Selvagens à Procura de Lei é anunciada pelo Brasil Music Exchange (BME), projeto de exportação de música brasileira, como um dos 12 nomes para tocar na Rússia durante a Copa do Mundo. Entre os demais estão Emicida, Liniker & Os Caramelows e Mart’nália.

“Estamos muito felizes com a notícia! É uma honra sermos selecionados como um dos nomes para representar a música brasileira na Rússia, e prometemos fazer isso com todo o empenho, energia e amor, que sempre colocamos em todos nossos shows”, diz Gabriel Aragão (vocal, guitarra e teclado).

A Selvagens à Procura de Lei é uma banda de Ceará, que vem alcançando a marca de uma das melhores bandas independentes do país. Teve o single “Tarde Livre” eleito como a melhor do ano de 2016 pelos leitores da Rolling Stone Brasil; em 2017 fizeram mais de cem shows em todo o país, além do primeiro internacional, em Buenos Aires; e somam presença em grandes festivais.

 

Lista completa dos selecionados:

- Combo Cordeiro

- Emicida

- Esdras Nogueira e grupo

- Gian Correia

- Hermeto Pascoal e grupo

- Liniker & Os Caramelows

- Ludere

- Mart’nália

- Sandália de Prata

- Saulo Duarte

- Selvagens à Procura de Lei

- Yangos

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.