Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 18-07-2018 às 19:41

Belo Jardim respira cinema na IV Edição do Cine Jardim

Festival que começa dia 14 contará com a exibição de 81 filmes e realização de seis oficinas gratuitas com o objetivo de ampliar a reflexão e dinamizar a vida cultural da cidade sobre sustentabilidade, inclusão sociocultural e construção de melhores cidad

| Creditos: PixaBay

O Cine Jardim, festival de cinema que transforma Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, em capital da sétima arte ao longo de 12 dias, expandiu os horizontes em 2018. Promovido pelo Instituto Conceição Moura, juntamente com a Pontilhado Cinematográfico, agora é Festival Latino-Americano de Cinema de Belo Jardim. Os 81 curtas e longas-metragens que ganharão as telas do Cineteatro Cultura, ou serão exibidos ao ar livre no Parque Ariano Suassuna, foram selecionados entre 759 inscritos por cineastas de diversos países latino-americanos. O conjunto de obras estimulam a reflexão do público sobre a necessidade de firmar compromissos em prol da sustentabilidade, diversidade sexual, inclusão sociocultural e pela construção coletiva de melhores cidades para se viver.

Além da extensa lista de filmes em exibição, a programação prevê a realização de seis oficinas gratuitas para crianças e jovens, cujo objetivo ultrapassa a transmissão de conhecimentos sobre produção cinematográfica. Miram a formação cidadã e um pensamento autocrítico sobre como, por meio do cinema, é possível contribuir para melhorar a vida das comunidades e das cidades onde os participantes vivem.

Um dos destaques é a Oficina de Crítica de Cinema, que será a base de formação do Júri Jovem do Festival. Alunos do Ensino Médio serão responsáveis por eleger quais filmes receberão as premiações de Melhor Curta-Metragem e Melhor Longa-Metragem.

Outro ponto alto do Cine Jardim será a realização da primeira edição do concurso de Vídeo Cleto Mergulhão. O evento é uma competição para vídeos produzidos com o tema “Minha Cidade dava um filme”. Participam crianças, jovens e adultos moradores das cidades da região do Agreste pernambucano que dirigiram filmes com duração entre 3 a 25 minutos, captados em qualquer formato, inclusive celular. Os vencedores serão anunciados no final do Festival.

Ao abraçar a latinidade, o IV Cine Jardim busca aproximar a população de Belo Jardim de suas raízes, compreendendo, observando e tornando visíveis os processos socais que se desenvolvem nas sociedades latinas. Todos os filmes selecionados transitam ao redor do tema “As veias abertas da América Latina”, descentralizando o olhar e abraçando as transformações sociais e dando imagem, som e voz a indígenas, mulheres, comunidade LGBTIQ+.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.