Jornal Rosa Choque
Publicidade

Postura certa no cotidiano garante saúde da coluna vertebral

Neurocirurgião cria série especial 'Postura Correta', com dicas em como realizar atividades do dia-a-dia sem prejudicar a coluna vertebral

| Creditos: PixaBay

Quando falamos sobre a coluna vertebral, logo ouvimos alertas sobre a hérnia de disco, a escoliose, a osteoporose, que são algumas das causas de dor lombar. Mas, o que muita gente esquece é que, para prevenir a maioria das disfunções da coluna, basta atenção e cuidado com a postura diante de rotinas básicas de nosso dia a dia.

É o que alerta o neurocirurgião especialista em coluna vertebral pela UNIFESP, Dr. Alexandre Elias, que criou a Série Especial ‘Postura Correta’, com dicas de como realizar atividades cotidianas sem prejudicar a coluna ou gerar outras consequências ligadas à má postura. Confira!


1 - Posição correta ao calçar e amarrar os sapatos – Parece bobagem, mas não é. Calçar o sapato também exige cuidado, especialmente para as pessoas mais idosas, obesas ou com problemas de flexibilidade. O recomendado é sentar-se em uma cadeira, cruzar uma perna sobre a outra em formato de triângulo e colocar o calçado, evitando curvar a coluna vertebral para baixo, para o chão.

 

2 - Arrumação de gavetas e caixas – O mais indicado é sentar-se em um banquinho que deixe os olhos mais alinhados na altura das gavetas, com a coluna ereta. Para alcançar algo ou se mover para os lados, concentre o movimento na musculatura abdominal, evitando curvar ou entortar o tronco. Lembre-se que o corpo deve girar sempre em bloco.

 

3 - Em frente à mesa do computador? Para quem trabalha muito tempo sentado, é importante dar preferência para cadeiras de encosto reto (não reclinável), de forma que a coluna fique confortavelmente apoiada. O teclado deve estar na mesma altura dos cotovelos e os braços permanecerem apoiados na mesa. Os joelhos devem estar em 90º e os pés apoiados no chão ou em uma plataforma mais elevada. Além disso, a tela do computador ou laptop deve estar em torno de 10 cm abaixo do ângulo de visão, para não ser preciso flexionar e nem estender a região cervical (pescoço).

 

4 - Ao falar ao telefone? Ao conversar ao telefone, não o apoie no ombro. Segure o aparelho com a mão, mantendo o pescoço reto.

 

5 - Cozinhando ou lavando a louça – Sempre que possível, tanto a altura da pia como a do fogão deve estar alinhada com a altura do quadril, evitando ter que se curvar para frente (quando estão abaixo) ou subir muito os braços para alcançar os utensílios e panelas. Para pessoas baixas, pequenos bancos para os pés podem ajudar. Para as altas, o ideal seria um apoio nos pés dos móveis. Durante as tarefas, procure contrair os músculos da barriga e apoiar um dos pés sobre um banco baixo, intercalando-os de tempo em tempo.

 

6 - Varrendo a casa? Ao usar vassouras ou rodos para a limpeza do chão, tome cuidado para não inclinar demais a coluna e nem fazer giros bruscos. Ter cabos longos e segurá-los sempre mais acima ajuda a manter a coluna mais ereta. Também é importante alternar os braços e ter atenção com posições de agachamento que devem priorizar movimentos em bloco, ou seja, com o corpo todo descendo e subindo ao chão. 
Por fim, o médico indica que, em caso de queixas de dor recorrente, é importante consultar um especialista em coluna vertebral para o diagnóstico e tratamento adequado, que pode envolver práticas de RPG (Reeducação Postural Global), que adequam as postura e posições para as atividades do paciente.

 

Sobre o especialista

Dr. Alexandre Elias é chefe do setor de cirurgia da coluna vertebral no Departamento de Neurocirurgia da Unifesp, desde 2007, membro do Centro de Dor e Coluna do Hospital 9 de Julho. Especialista pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), pela Sociedade Brasileira de Coluna Vertebral (SBC), mestre pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e research fellow em cirurgia da coluna vertebral na University of Arkansas for Medical Sciences (EUA).

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.