Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-06-2018 às 04:27

Depilação a laser é mais higiênica e saudável

Retire suas dúvidas sobre o procedimento

| Creditos: PixaBay

Depilar ou não depilar os pelos é uma decisão de cada um e já está comprovado por diversas pesquisas que a existência de pelos não acarreta problemas de saúde e até funciona como barreira física para a aquisição de doenças. Por outro lado, é também o excesso de pelo que acarreta mau cheiro em determinadas regiões do corpo, por causa da produção de suor e gordura na base dos fios.

Se a escolha for a de não ter pelos, entre as opções disponíveis de depilação, a mais saudável e higiênica é a definitiva por laser. Aline Prates, biomédica da clínica goLaser, em São Paulo, explica porque:

1 - O laser não causa lesões à pele

Na depilação com cera, seja fria ou quente, a puxada pode acarretar em lesões imperceptíveis na pele. Esses machucados tornam a pessoa suscetível a infecções e DSTs, no caso da região íntima. A lâmina, quando mal utilizada também pode gerar fissuras.

 

2 - O laser não causa foliculite

Dependendo da pele, tanto a lâmina quanto a cera causam problemas quando o pelo volta a nascer. Isso porque os fios não conseguem “furar” a pele para sair, ficando encravados e, em seguida, transformando-se nas incômodas foliculites. Nas mulheres, a região da virilha é a mais acometida, enquanto nos homens, pescoço e rosto ficam esteticamente comprometidos ao fazerem a barba. Na depilação a laser definitiva, este problema não existe. O laser mata a glândula que forma as raízes dos pelos, e os fios eliminados a cada sessão não voltam a nascer nunca mais.

 

3 - A cera reutilizada é perigosa

Dez entre dez dermatologistas não recomendam o reuso de cera quente. Mesmo assim, muitos estabelecimentos frequentemente são flagrados com essa prática. Fica difícil para clientes controlarem a procedência da cera. No caso do laser esse risco não existe.

 

4 - A depilação a laser não causa escurecimento

Cera e gilete, por estarem associadas a um nível de agressão da pele - por menor que seja – causam o escurecimento de regiões frequentemente expostas às puxadas ou aos cortes. A depilação a laser não só reduz o escurecimento já causado na pele anteriormente, como não causa as incômodas manchas.

 

5 - Depilação a laser é um método rigoroso

Clínicas de depilação a laser são monitoradas pela Anvisa, precisam de licenças, profissionais qualificados para aplicação e necessitam de equipamentos homologados.

Ou seja, não há dúvidas de que o custo benefício da eliminação de pelos com o laser é também uma questão de saúde.

 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.