Jornal Rosa Choque
Publicidade

Roque Saldias cria uma “caixa de joias”

O projeto do peruano Roque Saldias mistura as funcionalidades de uma sala de estar e de um gabinete de curiosidades

Móveis modernos proporcionam um ponto de vista confortável para admirar as peças incluídas no espaço. | Creditos: Kris Tamburello/CASACOR

O projeto do peruano Roque Saldias para a CASACOR Miami 2017 mistura as funcionalidades de uma sala de estar e de um gabinete de curiosidades. O White Canvas convida os amantes de arte a contemplar as obras de diversas épocas. Móveis modernos proporcionam um ponto de vista confortável para admirar as peças incluídas no espaço.

Entre os objetos de decoração, destacam-se um antigo cofre sírio em madeira e madrepérola; tapetes de alpaca artesanais; e um Quipu modernizado, um dispositivo de manutenção de registros Inca. “Imaginei isso como uma caixa de joias”, diz Roque Saldias.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

O profissional apostou no contraste das peças elegantes com os tons naturais de lã, alabastro e ouro com as paredes brancas. Obras escuras e ocre envolvem as peças de design contemporâneas, como a cadeira Ro Easy de Jaime Hayon. A cadeira Swan, de Arne Jacobsen, compartilha espaço com um tapete feito de ponchos vintage de alpaca.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.