Jornal Rosa Choque
Publicidade

Aleph Zero e Marcelo Rosenbaum concorrem ao Prêmio RIBA

As moradas infantis localizadas no Tocantins são o único projeto sul-americano finalista

As moradas são o único projeto sul-americano finalista. | Creditos: Leonardo Finotti, Diego Cognato e Galeria Experiência/CASACOR)

O Royal Institute of British Architects, RIBA, anunciou sua lista de projetos finalistas para o prêmio de 2018. Com representantes de 28 países, o objetivo é escolher “melhor edifício do mundo”. Dentre os projetos finalistas estão as duas moradas infantis que o brasileiro Marcelo Rosenbaum e a Aleph Zero elaboraram para a zona rural de Formoso do Araguaia, um município que fica a 320 km de Palmas, no Tocantins. As moradas são o único projeto sul-americano finalista.

 

Leia mais:

Casas de Vidro: exposição explora projetos de grandes arquitetos

LEDs sublinham as arestas da CasaCor 2017

 

As construções abrigam uma escola internato, na qual 540 alunos estudam e moram. Para além da estética, o que destaca e diferencia o projeto é a participação ativa de seus ocupantes, as crianças, professores e funcionários da escola, em sua concepção.

Os arquitetos fizeram um processo imersivo de diálogo com os estudantes para entender sua realidade, necessidades e desejos. O resultado é um belo reflexo da confluência de culturas do local: uma mistura das tradições indígenas com a cultura branca, europeia. Essa relação, muitas vezes conflituosa devido a demarcações de terras e assentamentos, uniu-se, de forma harmônica, na arquitetura do novo internato.

 

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

As novas escolas possuem uma estrutura em madeira e vários elementos, como o teto e amplos pavilhões, que remetem a ocas; tijolos de solocimento dispostos para formarem cobogós aludem aos assentamentos.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.