Jornal Rosa Choque
Publicidade

Seis dicas para pets que vivem em apartamentos

Seis dicas para ter uma boa convivência com o seu animal de estimação e seus vizinhos, além de cuidados importantes para os bichinhos. | Creditos: PixaBay

Como a maioria das pessoas nos grandes centros moram em apartamentos, quando bate aquela vontade de ter um pet, muitas dúvidas aparecem. Como melhor acomodar os bichinhos de estimação em espaços reduzidos e sem quintal? A Ink Incorporadora tem cinco projetos em andamento na capital paulista e preza por qualidade de vida, em todos os sentidos. Por esse motivo, não esquece dos adorados pets e preparou algumas dicas para ajudar nesse processo.

 

Leia mais:

- Problema comportamental preocupa donos de gatos

Proliferação de pulgas acontece mais na primavera

 

“Antes de mais nada, é necessário conhecer as regras do condomínio quanto às condições necessárias para ter um pet no apartamento”, afirma Gabriela Coelho, da Ink. Também é preciso saber qual raça se encaixa melhor com o ambiente. Normalmente, animais de portes médio e grande não se adaptam bem a espaços muito reduzidos. “Para facilitar a escolha, pergunte ao veterinário qual raça é mais indicada para cada tipo de família e moradia”, orienta Gabriela.

Abaixo seguem seis dicas para ter uma boa convivência com o seu animal de estimação e seus vizinhos, além de cuidados importantes para os bichinhos.


Escolha o animal certo

Os gatos adaptam-se melhor a espaços menores, mas precisam de atenção, cuidados com higiene e um local para tomar sol. Cachorros de porte grande e que geralmente são cheios de energia são difíceis de se adaptar. Eles também precisam de tempo para o banho de sol e, claro, passear e correr.

 

Cães, normalmente, precisam de outros cães

Os cachorros precisam sair do apartamento para ter contato com outros ambientes, outros cheiros e outros cães. Esses estímulos são essenciais para eles serem saudáveis. Outro cuidado importante é com o sedentarismo. A falta de espaço pode tornar os animais sedentários, o que pode contribuir para obesidade e doenças originárias do sobrepeso. O ideal é passear diariamente e estimular o animal a praticar exercícios físicos.


Local para dormir

Providencie colchões, caminhas e casinhas bem higienizados para os pets. A limpeza deve ser feita periodicamente, pois cães e gatos têm contato íntimo com seus proprietários e podem transmitir doenças.

 

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

Necessidades dos animais

É questão de higiene e educação que o dono se responsabilize pela sujeira deixada pelos animais. O indicado é, todas as vezes que sair para passear com o bichinho, leve uma pá e um saquinho para recolher as necessidades deixadas no local e depositá-lo no lixo. Nesse tópico, vale falar sobre ter um local adequado dentro do apartamento para que os animais possam fazer suas necessidades. Recomenda-se que seja em um lugar que não incomode as pessoas da casa, como área de serviço, varanda ou banheiro dos fundos. Podem ser utilizadas toalhas higiênicas que ajudam a reduzir os odores e que podem ser trocadas frequentemente (no caso dos cães) e caixas higiênicas com areia (no caso dos gatos).

 

Elevador

Em apartamentos, o elevador é utilizado diariamente. Por isso, alguns cuidados são necessários para que o ambiente fique sempre limpo para todos os moradores. Na maioria dos prédios, a regra básica é que o animal só pode utilizar o elevador se estiver no colo do seu dono (no caso de não haver um elevador de serviço).


Barulho

Os animais emitem sons para se comunicar e se expressar. Algumas precauções podem ser tomadas para evitar transtornos com a vizinhança. A melhor forma de evitar confusões é solucionar os problemas que fazem o animal ficar exaltado. Por exemplo: alguns cachorros latem muito quando veem pessoas passando na rua: a dica, então, é colocar algo que tape sua visão da rua. O que também ajuda é passear com o animal diariamente pelo menos duas vezes por dia para controlar a ansiedade.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.