Jornal Rosa Choque
Publicidade

Como decorar um quarto infantil?

Cores, móveis e iluminação integram o projeto de decoração do ambiente mais alegre da casa

A coordenadora da divisão de organização da casa da Telhanorte, Érica Duarte, dá dicas para os pais capricharem na reforma e na decoração do espaço mais alegre do lar. | Creditos: Press à Porter Gestão de Imagem

Toda criança sonha em ter seu cantinho decorado com suas cores e desenhos favoritos. Para criar o quarto dos sonhos, com um ambiente funcional e decorado, a coordenadora da divisão de organização da casa da Telhanorte, Érica Duarte, dá dicas para os pais capricharem na reforma e na decoração do espaço mais alegre do lar.

 

Leia mais:

Deixe a decoração mais divertida para os espaços dos pequenos

Parceria entre a família e a escola contribuí no desempenho escolar

 

O primeiro passo para compor o ambiente é definir a cor da pintura do quarto. De acordo com Érica, “a escolha deve levar em consideração as etapas da infância: para quartos de bebês, a dica é investir em cores neutras e suaves, como os tons de bege, rosa, azul ou verde. Além decombinar com tudo, cores claras remetem à tranquilidade”, explica.

“Já na fase infantil, é recomendada a utilização de cores vivas, como azul, amarelo, vermelho e verde, que estimulam a criatividade e alegria. Outra dica é revestir o ambiente com cores neutras e personalizá-lo com adesivos. Dessa forma, é possível retirá-los quando quiser, mudando o ambiente sem realizar muitos gastos”, acrescenta Érica.

Outro fator relevante na composição do quarto é a escolha dos móveis. A esse respeito, Érica orienta que os pais devem optar pelos móveis multifuncionais, que podem ser aproveitados até a fase juvenil. O espaço também pode ser aproveitado com a utilização de nichos, prateleiras e caixas decorativas que organizam e enfeitam o ambiente.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

Por fim, os pais devem pensar na iluminação do quarto infantil. Para criar um ambiente adequado dia e noite, a especialista indica a utilização do sistema de dimerização, que controla a intensidade da luz. “Investir em focos de luz embutidos é uma tendência na decoração de quartos infantis. Outra sugestão são as luminárias de desenhos animados, que divertem e iluminam o ambiente”, conclui a coordenadora.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.