Jornal Rosa Choque
Publicidade

Amor pelo trabalho ajuda chef a vencer câncer

Era quimio na segunda e cursos durante os finais de semana, a energia dos alunos e a busca por mais conhecimentos e receitas fizeram com que Paula Martins, vencesse a batalha contra a doença e se tornasse a chef glúten free mais conhecida no Brasil

" Eu sabia que poderia ajudar as pessoas com tudo o que estava acontecendo", diz a chef. | Creditos: Divulgação: Ana Lima - Assessora de Imprensa / Helena Mazza

Dentista por formação e cozinheira por vocação, após receber e ler um livro, Paula deciudiu mudar seus hábitos alimentares e compartilhar nas redes sociais por motivação pepssoal. Forsam quatro meses em que os seguidores puderam acompanhar o emagrecimento e a definição de seu corpo e essa história começou a crescer e Paula, a @viversemtrigo foi estimulada por seus seguidores a continuar postando sua rotina e algumas receitas.

 

Leia mais:

Malu Mader é nova estrela de campanha #MulherCoração

Após perder braço, jornalista passa a inspirar mulheres na internet

 

Com muita pesquisa sobre o assunto, Paula tornou-se especialista em uma gastronomia sem glúten, saudável, ou seja, funcional. Aprendeu tudo sobre farinhas, suas substituições, índice glicêmico, retirada do açúcar e intolerâncias. A Chef funcional percebeu que as pessoas gostavam de ve-la cozinhando, queriam entender mais sobre os ingredientes, combinações e a desmetificar as receitas saudáveis.

Em Julho de 2014 descobriu um câncer de mama após seu exame anual preventivo, diagnóstico avassalador para quem se encontrava no auge da vida em todos os aspectos. "Após receber a notícia, meu chão sumiu, chorei horrores, porém eu cheguei em casa e fui preparar minha receita para postar na rede social como já era de costume e isso foi extremamente importante para mim, percebi o quanto eu queria estar ali e continuar a fazer o que gostava, isso começou a fazer realmente sentido para mim." conta Paula. Guerreira e determinada foi sua nova alimentação assim como o amor e dedicação ao seu trabalho que a ajudaram o superar mais esse obstáculo.  Era quimioterapia na segunda-feira e curso no sábado.

A batalha da chef ia além de vencer o câncer, "Com a quimio, a comida perde o sabor e isso virou um desafio para mim, tinha cada vez mais vontade de investir o meu tempo para descobrir como fazer pratos mais saborosos para as pessoas que estava na mesma condição que eu. Eu sabia que poderia ajudar as pessoas com tudo o que estava acontecendo. Tudo o que eu descobria, ficava extremamente feliz e queria compartilhar com o público. Acho que esse amor foi o que fez crescer tão rápido a aceitação de minhas receitas." Conclui.

Durante todo o período em que Paula compartilhava as suas receitas e sua batalha, seus seguidores cresciam assustadoramente e ela tornou-se referencia no mercado, tanto para quem admira suas receitas, como para pessoas com intolerâncias à gluten, ou a lactose. A batalha que foi vencida, graças ao exame de mamografia anual que ela realizava, a chef glúten free ficou mais requisitada e virou referência em cursos, palestras e consultorias sobre gastronomia funcional.

 

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook 

 

"Sei da importância de fazer os exames e tenho a certeza que foi isso que salvou a minha vida. Essa é a lição é a que tento passar em cada lugar que sou chamada. Quando o nódulo é descoberto no começo o sucesso do tratamento é superior a 90%. Não é nenhum bicho papão! Eu sou a prova, literalmente viva disso" Afirma Paula.

Sucesso em todas as mídias Paula quer mais, e com o objetivo de espalhar suas delícias para um publico ainda maior, a culinarista acaba de lançar seu canal do youtube que em pouco tempo passou de 50.000 inscritos e 500.000 views.

 

A editoria Mulher em Destaque tem outras histórias para inspirar você. Leia aqui!

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.