Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 11-12-2019 às 10:33

Entenda como resolver o problema de bolas de pelos comum nos gatinhos

No período de troca de pelagem que ocorre nos meses mais quentes do ano, o animal poderá ingerir uma quantidade maior de pelo, e nesse momento, há um risco maior de que se formem bolas de pelos.

Uma característica típica dos gatos é que são extremamente limpos, passando a maior parte do seu tempo se auto higienizando. | Creditos: Shutterstock

Os tutores de gatos, geralmente, são apaixonados por seus animaizinhos e todos dizem que cada um possui um comportamento diferente. E realmente é verdade. Os felinos são fascinantes, carinhosos, brincalhões, apegados ao dono e, ao mesmo tempo, independentes, possuindo natureza e comportamento diferentes dos cães.

 

Leia mais:

Crianças do Instituto do Câncer se divertem com cães

Iniciativa visa promover ações positivas em favor dos animais

 

Outra característica típica desses animais é que são extremamente limpos, passando a maior parte do seu tempo se auto higienizando. Ao fazer isso, cerca de 2/3 dos pelos que caem de seu corpo acabam sendo ingeridos. Isso acontece porque os felinos possuem uma língua áspera, diferente da língua dos cães, colaborando com a ingestão desses pelos.

“Em condições normais, os gatos conseguem expelir os pelos por meio das fezes ou em episódios esporádicos de vômitos. No período de troca de pelagem que ocorre nos meses mais quentes do ano, o animal poderá ingerir uma quantidade maior de pelo, e nesse momento, há um risco maior de que se formem bolas de pelos. Gatos com problemas dermatológicos também podem apresentar esse tipo de problema, nesses casos o animal deverá ter um acompanhamento veterinário”, explica a médica veterinária da Hill’s Pet Nutrition, Sandra Nogueira.

Ela acrescenta dizendo que animais muito estressados podem desenvolver problemas comportamentais como as lambeduras compulsivas, podendo predispor ao aparecimento das bolas de pelo. “Engana-se quem acredita que somente animais de pelagem longa podem ter o problema de formação de bolas de pelos. Lógico que por apresentarem pelos de maior comprimento é mais comum, mas gatos com uma pelagem curta também podem apresentar”, diz.

Como resolver o problema

Uma ingestão excessiva de pelos, seja qual for a causa, pode levar a um problema mais sério como, por exemplo, a obstrução intestinal. Portanto, alternativas de como prevenir a bola de pelos são necessárias e todos os tutores devem se atentar.

“Para diminuir a ocorrência da formação de bolas de pelos deve-se fazer uma escovação diária com uma escova específica. Todos os pelos que estão na escova não chegarão ao estômago do felino. Esta, também, é uma ótima oportunidade para melhorar os laços entre o proprietário e o animal, pois é um momento exclusivo dos dois”, afirma Sandra.

Outra opção é a utilização de um alimento com um teor de fibra adequado. As fibras promovem a saúde gastrointestinal, podendo modificar trânsito e o tempo de permanência do alimento no trato gastrointestinal, além de reter água e normalizar a motilidade intestinal. Nutrientes como proteína de alta digestibilidade, vitaminas, minerais e ácidos graxos são importantes na manutenção do pelo e pelagem.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook 

 

Sobre a Hill’s Pets Nutrition

A Hill's Pet Nutrition dá seguimento à tradição em cuidados com os animais iniciada em 1939 por um veterinário notável. Nossos alimentos Prescription Diet™ e Science Diet™ oferecem a mais alta qualidade em nutrição para cães e gatos que existe. Estamos fazendo diferença na vida das pessoas e de seus animais no mundo inteiro.

As linhas de alimentos da Hill's™ surgiram em 1939. O Dr. Mark L. Morris Sr. acreditava que certas doenças de animais de companhia poderiam ser tratadas por meio de uma nutrição cuidadosamente elaborada. Suas ideias foram visionárias na medicina veterinária, e ele logo pode comprovar sua teoria.

Um jovem cego, chamado Morris Frank, perguntou ao Dr. Morris se alguma coisa poderia ser feita para ajudar seu cão-guia, Buddy, que estava com alterações renais. O resultado do esforço do Dr. Morris foi a formulação nutricional do que viria a ser o primeiro produto terapêutico da linha Hill's Prescription Diet e o primeiro alimento de animais de companhia no mundo desenvolvido para a saúde renal. Pouco tempo depois, a Hill's Pet Nutrition foi fundada e o campo da nutrição terapêutica ganhou vida. Aquele primeiro alimento terapêutico evoluiu para Hill's™ Prescription Diet™ k/d™, que é vendido até hoje.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.