Jornal Rosa Choque
Publicidade

Aplicativo ajuda jovens na escolha da profissão

Pesquisa mostra que mais de 30% dos vestibulandos ainda não decidiram para qual curso vão se inscrever no vestibular

Pesquisa realizada pela Universidade Positivo (UP) com 6.983 estudantes mostra que mais de 30% deles ainda não decidiram qual curso pretendem seguir | Creditos: PixaBay

Escolher a profissão é, para muitos jovens, tarefa quase tão difícil quanto passar no vestibular. Pesquisa realizada pela Universidade Positivo (UP) com 6.983 estudantes mostra que mais de 30% deles ainda não decidiram qual curso pretendem seguir. Entre os que já escolheram, um dado interessante: quase 20% apresentam como primeira e segunda opções cursos de áreas muito diferentes, como por exemplo Arquitetura e Ciências Biológicas. Para ajudar os jovens nessa missão tão importante para o futuro, os cursos de Psicologia e Engenharia da Computação da UP desenvolveram um aplicativo: o Quiz Profissões. A ferramenta é uma das atrações da Mostra de Profissões UP 2017, que será realizada na próxima quarta-feira, 8 de agosto, das 8h às 22h, no câmpus Ecoville da Universidade Positivo.

 

Leia mais:

Um passeio imperdível pela Suíça

Destino cultural no Caribe para família

 

Disponível para os sistemas Android e IOS, com download gratuito, o aplicativo traz situações comuns às mais variadas profissões. A cada passo, o usuário deve escolher com qual delas mais se identifica. O teste ajuda o estudante por meio do autoconhecimento, fazendo-o pensar nas situações apresentadas e se imaginar desempenhando determinados trabalhos. O resultado mostra com qual área - Humanas, Exatas ou Biológicas e Saúde - o usuário tem mais afinidade. “O aplicativo não pretende oferecer respostas prontas, e sim ajudar o estudante a fazer as perguntas certas que vão levá-lo à tomada de decisão”, observa a professora do curso de Psicologia da UP, Samarah Freitas, que participou do desenvolvimento do quiz.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

De acordo com o psicólogo Ivo Carraro, orientador educacional do Curso Positivo e autor do livro “Profissões: pais preocupados, filhos inseguros’’, o jovem precisa conhecer a diversidade de opções que o mercado oferece e identificar quais atividades mais lhe agradam. “Para ser um profissional bem-sucedido, é preciso gostar do que faz”, ressalta. O orientador aconselha que o candidato procure vivenciar o dia a dia das profissões que mais lhe encantam. “Entre dois caminhos a seguir, o cérebro prefere o mais prazeroso. E ele vai apontar qual a direção”, garante.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.