Jornal Rosa Choque
Publicidade

Como evitar o desperdício de alimentos em casa

Você pode evitar o desperdício e promover uma economia doméstica e utilizar sobras para o preparo de pratos deliciosos em casa

Além de saber escolher, um ponto importante é comprar de acordo com o consumo, evitando adquirir mais do que a quantidade a ser consumida durante o período. | Creditos: Shutterstock

O desperdício de alimentos é uma questão bastante alarmante no país. Além do ciclo de perdas – que acontece desde o campo até às feiras livres e supermercados, uma parcela substancial do desaproveitamento acontece dentro de nossas casas. Na maioria dos casos, por desconhecimento, o brasileiro ainda não sabe como utilizar legumes, verduras e frutas em sua totalidade, deixando de lado, por exemplo, a oportunidade de aproveitar todas as características nutritivas do alimento ou, mesmo utilizá-los como adubo para uma horta de temperos orgânicos.

O Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio (CEUNSP), com campi em Itu e Salto, cidades do interior de São Paulo, apresenta em sua grade acadêmica o curso de Gastronomia. A coordenadora, Profa. Me. Vânia Claudia Barros Monteiro, apresenta dicas de como evitar o desperdício, promover uma economia doméstica e utilizar sobras para o preparo de pratos deliciosos em casa.

A primeira observação da professora diz respeito ao momento da compra. Além de saber escolher, um ponto importante é comprar de acordo com o consumo, evitando adquirir mais do que a quantidade a ser consumida durante o período.

 

Leia mais:

Pão de queijo com batata doce

Um alfabeto no copo

 

Ao chegar em casa, dedique atenção com o acondicionamento dos alimentos. Ao fazê-lo de acordo com suas características – geladeira, freezer ou em temperatura ambiente, garante um tempo de vida muito maior.

A docente também destaca que, nem sempre verduras e frutas atendem às expectativas visuais em relação a sua cor, forma e tamanho. Mas, podem sim manter as propriedades nutricionais, além da vantagem de um preço mais acessível.

Na cozinha, cascas, talos e sementes são ingredientes capazes de protagonizarem receitas deliciosas, assim como as aparas de carne, que podem se tornar excelentes caldos para sopas, arroz, feijão e guisados.

A coordenadora do curso de Gastronomia do CEUNSP também dá dicas práticas sobre como reaproveitar sobras de alimentos das refeições dentro do cotidiano da cozinha de casa. Legumes podem se transformar em deliciosas farofas, bolinhos, gratinados ou recheios de tortas; o excedente do feijão, uma sopa ou feijão tropeiro; e o pão amanhecido, torradas para acompanhar o caldo de feijão ou saborosos doces como rabanada ou pudim.

Por fim, a professora compartilha duas receitas criativas com sobras usualmente descartadas: casca de banana e de legumes.

 

Casca de Banana Desfiada

Ingredientes

- 8 bananas maduras

- 2 dentes de alho

- 1 cebola média

- 1 colher de sopa de manteiga (ou óleo)

- Sal

- Pimenta do reino

- Salsinha

- Cebolinha

 

Modo de preparo: Cozinhe as bananas com casca em panela (não precisa ser a panela de pressão), após cozidas descasque-as, pois serão usadas as cascas na produção. Retire a parte branca e descarte. Desfie a casca e reserve. Refogue a cebola picada e em seguida acrescente o alho amassado, adicione as cascas desfiadas, coloque o sal e a pimenta do reino a gosto e finalize com salsinha e cebolinha picadas. As bananas podem ser consumidas na forma de purê para acompanhar as casacas desfiadas.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

Tempurá de Cascas de Legumes

Ingredientes

- 150g de talos de couve

- 150g de casca de batata

- 150g de talos de folhas de beterraba

- 150g de talos de folhas de cenoura

- 150g de cebola

- 1 xícara de farinha de milho flocada (branca)

- 1 xícara de farinha de trigo

- Sal

- Temperos a gosto (pimenta do reino, orégano, salsinha, cebolinha)

- 3 xícaras de água bem gelada

 

Modo de preparo: Lave os legumes, corte os talos (cerca de 8 cm de comprimento) e descasque as batatas, corte a cebola em formato de meia lua, acrescente o sal e os temperos a gosto. O sal desidrata os legumes, por isso deixe descansar por 30 minutos, em seguida coloque as farinhas até ficar com aparência de farofa úmida. Coloque a água bem gelada aos poucos e mexa com 2 garfos. As porções precisam ser preparadas aos poucos, pois a massa vai ficando muito mole com o passar do tempo. Frite em porções pequenas e achatadas. Se preferir os talos da couve mais macios, eles podem ser cozidos por 4 minutos antes de empanar para fritar.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.