Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 19-10-2018 às 22:00

Paredes Coloridas são valorizadas na Casa Cor SP

A maior mostra de arquitetura e decoração do País também quer “Mais Cor Para Sua Vida”

Rene Fernandes aderiu às formas geométricas assimétricas. Para ambientar o estúdio de leitura e degustação, o arquiteto combinou tons acinzentados com azul. Bela harmonia! | Creditos: Divulgação: V-M Comunicação

A principal edição da maior e mais completa mostra de arquitetura e decoração das Américas, em cartaz de 23 de maio a 23 de julho no Jockey Club de São Paulo, faz jus este ano ao nome CASA COR. Dos 71 ambientes, 36 surgem com paredes ou teto coloridos.

Pela segunda vez consecutiva, a Coral, marca pertencente ao grupo holandês AkzoNobel, aparece como a tinta oficial do evento. “A cor tem o poder de transformar. Uma parede azul ou verde, ou com um efeito especial – ombré ou geometria irregular – provoca sensações, modifica o estado de espírito, renova o ambiente. Isso mostra que a tinta colorida deve ser considerada o primeiro item da lista de decoração, e não o último da reforma ou da construção”, diz Fernanda Figueiredo, gerente de Cores e Comunicação de Marca da AkzoNobel Tintas Decorativas.

 

Leia mais:

Quais tratamentos estéticos estão liberados na gravidez?

Divas do cinema inspiram coleção

 

Veja alguns ambientes da mostra que estão em total sintonia com os ideais da campanha Mais Cor Para Sua Vida e aproveite essas inspirações para transformar o seu lar!

 

O arquiteto Maurício Arruda valeu-se de duas cores vibrantes para criar a casa de um homem ligado à natureza. O verde azulado lembra uma floresta ao entardecer, já o mostarda é uma cor iluminada, mas com influência natural. “Não existe projeto sem cor. A cor é a alma do projeto. Ela é a ponte entre os materiais e os objetos dentro do ambiente.”, diz o arquiteto e apresentador do programa Decora, do GNT.

 

Gustavo Jansen ousou ao escolher um tom verde-folha para o teto de sua tartuferia. A cor inunda o ambiente como um todo e, associado ao azul do balcão e da parede principal, cria uma atmosfera de irreverência.

 

Curta o Portal Rosa Choque no Facebook

 

 

O ombré de cima para baixo, partindo de um salmão até chegar a um off-white, foi a escolha de Paula Neder para sua sala íntima em estilo rústico. A intenção da arquiteta era dar um ar de aconchego, despojamento, sem abrir mão da elegância.

Rene Fernandes aderiu às formas geométricas assimétricas. Para ambientar o estúdio de leitura e degustação, o arquiteto combinou tons acinzentados com azul. Bela harmonia!

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.