Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-04-2019 às 21:48

Empreendedorismo e inteligência emocional no encerramento do março é Mulher

Luciana Franco, economista e consultora da Ponto de Referência. | Creditos: Sergio Soares

Estudo recente, conduzido pelo Korn Ferry Hay Group, uma consultoria global de gestão de negócios comprovou que o sexo feminino supera o masculino em quase todos os sentidos da inteligência emocional do ser humano. Somado a isso há uma conquista relevante, a força feminina tem se revelado no empreendedorismo, sendo que em muitas regiões do país são as mulheres que mais abrem empresas, segundo a Global Entrepreneurship and Development Institute. Nessa quinta- feira (31), às 19:30, no auditório do Grupo Gazeta de Comunicação, ocorrerá o encerramento do 14º Março é Mulher, evento realizado pela Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais- BPW Cuiabá. Na oportunidade duas palestras relacionadas ao assunto constam da programação. 

O Março é Mulher, criado em 2003, é um dos eventos mais expressivos em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, em Mato Grosso. Este ano, com o tema “Irradiando o empreendedorismo”  teve sua abertura oficial, no dia 8 de março, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, quando a organização prestou homenagens para 11 mulheres que destacam-se pelo empreendedorismo, empoderamento e superação.

A publicitária Mariana Ribeiro, coordenadora da Comissão BPW Jovem, é a responsável pela programação de encerramento. Ela está otimista com o sucesso do evento, pois os temas que serão abordados muito contribuirão para ampliar os conhecimentos das mulheres que estão no mercado de trabalho e na área empresarial. Segundo informou contará com palestrantes destacadas em áreas de atuação voltadas ao desenvolvimento humano. 

A economista Luciana Franco, consultora da Ponto de Referência, em Mato Grosso, vai falar sobre o tema “A Mulher ser mais empreendedora”. Ela tem muita experiência sobre o assunto, pois faz sucesso há mais de 10 anos na área de consultoria, prestando serviços para importantes empresas e instituições.

Outro tema muito interessante, “Gestão emocional, os desafios enfrentados pelas mulheres para equilibrar as áreas importantes da vida, otimismo e pessimismo”, será abordado pela coach Iracema Irigaray, presidente e sócia fundadora da ICF-MT, Federação Internacional de Coach, capítulo MT. Seu curriculum inclui fez curso de Resiliência na Harvard University e formação em Practitioner em PNL pela Escola Livre, Porto Alegre. Ela criou e coordenou  o MBA em Liderança e Coaching Unic-MT.

Sonia Mazetto, presidente da BPW Cuiabá destacou que este ano a programação do Março é Mulher foi mais enxuta devido ao momento econômico pelo qual passa o país. Por outro lado ela disse  que as ações foram pontuais e  muito contribuíram para mostrar o quanto as mulheres de negócios e profissionais estão engajadas. Iniciou com a Cerimônia das Velas, ritual de homenagens; passou pela discussão temática no Cine Cult, considerado um projeto muito relevante no foco comportamental; permeou pelas ações do Projeto Compartilhar, no qual conhecimentos foram levados a comunidade e encerra com duas palestras muito enriquecedoras no processo do mercado de trabalho e dos negócios, os quais as mulheres da iorganização estão inseridas.

A sigla BPW - Business Professional Women, traduzida por mulheres de negócios e profissionais é muito respeitada pois em nível local tem assento no  Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, no Conselho Municipal da Criança e Adolescente, no Fórum de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, dentre outras representatividades públicas; Em nível nacional tem assento no Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, e no Comitê Executivo do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, e em nível internacional tem status consultivo na ONU, Unesco, Unicef, dentre outras organizações mundiais.
 

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.