Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 24-04-2019 às 21:47

Miess agita setor brasileiro de sex shop

| Creditos: Shutterstock

A quarta edição da Convenção Miess, um dos maiores eventos do setor de lingerie e sex shop do Brasil, reunirá consultores, especialistas e fabricantes de todo o país no dia 2 de abril, no Hotel Braston, em São Paulo.

Com foco em desenvolvimento de negócios, aperfeiçoamento de consultores e compartilhamento de informações, a IV Convenção Miess abordará temas como saúde do prazer, benefícios dos cosméticos sensuais, técnicas de venda direta, necessidades dos clientes e autoestima. 

“Em 2016, esperamos receber mais de 300 pessoas na convenção. Nos últimos anos, o crescimento do evento foi fundamental para o desenvolvimento de nossos consultores e para o aumento da satisfação de nossos clientes”, afirma Romulo Correia, diretor comercial da Miess, empresa organizadora da convenção. Em sua última edição, a Convenção Miess recebeu 250 pessoas em São Paulo.

Entre os palestrantes confirmados para esta edição da Convenção Miess, estão Fernando Bueno e Guilherme Ferreira, da Repense Coaching; Vanieli Silveira e Fabiane Dell’Antonio, da Hot Flowers; Daniel Arend, da SEO Master; Paula Aguiar, da Abeme (Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual); e João e Lidia Ribeiro, consultores de casais e terapeutas sexuais.

Todos os participantes inscritos receberão kit de apoio com nécessaire, sacola, catálogo, bloco de anotações, caneta, folder e cartões de visita. O evento é realizado em parceria com a Hot Flowers e tem apoio da Miss Collection.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.