Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 21-11-2019 às 04:34

Parto humanizado: conheça mais sobre este tipo de parto

Apesar das dúvidas, esse tipo de parto já começa a ser disponibilizado em muitas maternidades

| Creditos:

Nos últimos tempos o parto humanizado (que não necessariamente significa parto na água) vem ganhando popularidade e, a partir dele, novas formas de trazer um bebê ao mundo passaram a ser discutidas. Uma das mais populares é o parto na água, no entanto ainda ficam muitas dúvidas sobre a opção. É seguro? É necessário? Quais são as vantagens de ter o bebê assim?

Apesar das dúvidas, esse tipo de parto já começa a ser disponibilizado em muitas maternidades. Também é sabido que muitas mulheres, com a ajuda de seu médico, decidem realizar o parto no próprio domicílio, dentro de banheiras ou piscinas.

Nesse tipo de parto não é possível à administração de anestesia. A parturiente é imersa em água aquecida a 36 graus. Estudos científicos com parturientes na primeira fase – dilatação-, e segunda fase – expulsão- afirmam que a imersão na água diminui a dor do parto (principal vantagem).

Como é o parto na água?

O bebê passa de um ambiente “aquático”- o útero – para outro de temperatura parecida. Ao nascer o bebê ainda terá cerca de vinte segundos para a expansão dos pulmões, nos quais continuará respirando pelo cordão umbilical, portanto, não irá se afogar.

Em casos nos quais a mãe ou o bebê precisam de acompanhamento especial, quando o bebê é muito grande, ou a mãe não se sente bem em ambientes quentes, o parto na água é totalmente inadequado.

Para um parto seguro é necessário que o local onde a mãe ficará imersa esteja devidamente esterilizado e aquecido. Se o parto for realizado em domicílio, um médico, assistente, enfermeiro e ambulância de prontidão na porta de casa serão necessários. Se for realizado no hospital a estrutura será a mesma de uma sala de cirurgia, pois em caso de emergência o parto na água será imediatamente convertido em uma cirurgia.

Em todo caso, essa nova forma que agrada a muitos e desagrada a outros tantos é uma opção. Considere todas as suas e escolha a mais segura e adequada para você e seu bebê.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.