Jornal Rosa Choque
Publicidade

Feira Internacional da Indústria de Iluminação acontece em São Paulo

O Expo Center Norte, em São Paulo,  até o dia 2 de julho será palco do maior ponto de encontro internacional da iluminação, a Expolux 2016.

Expolux, maior vitrine de soluções para todos os segmentos de iluminação da América Latina, | Creditos: Expolux

A Feira Internacional da Indústria de Iluminação-Expolux está na 15ª edição e reúne no evento 380 marcas nacionais e internacionais expondo e o lançamento de mais de600 produtos de iluminação com destaque para luminárias, lâmpadas e componentes, a feira será o ponto de encontro para quem quer se atualizar sobre esse mercado em expansão. 

Considerada a maior vitrine de soluções para todos os segmentos de iluminação da América Latina, a Expolux é referência em tecnologia e design para fabricantes, lighting designers, arquitetos, designers de interiores, lojistas, construtores, revendedores, engenheiros, compradores nacionais e internacionais e estudantes interessados no tema.

Novidades no layout da feira como a distribuição setorial dos expositores; a criação de áreas como o Espaço Design, especialmente desenvolvido para expor tendências em design de luminárias; as Arenas do Conhecimentos e uma nova dinâmica na realização de Rodadas de Negócios envolvendo compradores nacionais e internacionais foram implementadas visando garantir aos expositores melhores oportunidades e resultados quanto a audiência e aos negócios.

Já os visitantes terão a oportunidade de entrar em contato com o que de mais novo está sendo desenvolvido no mundo da iluminação nos quesitos design e tecnologia. 

No primeiro dia do evento, dia 28 de junho, um dos destaques que ocorreu na Arena do Conhecimento Simpolux Decor, foi a palestra da presidente da AsBai- Associação Brasileira de Arquitetos de Iluminação, Paula Carnelós, com o tema “A importância do Lighting Design na Arquitetura de Interiores”.  Ela destacou que um projeto de iluminação é muito mais do que escolher luminárias, cabos e fios. É necessário entender as características do ambiente onde aquela luz será instalada, identificar pontos fortes e fracos e, o mais importante, se colocar no lugar do usuário que estará naquele local.

Paula Carnelós explicou, durante sua palestra disse que a luz está diretamente ligada com a qualidade de vida, conforto e bem estar das pessoas que utilizarão o local iluminado. Até o atual cenário econômico influencia no tom da iluminação do ambiente, afinal 20% do consumo de energia de um edifício pertence a iluminação. Ou seja, um projeto de lighting design tem como objetivos principais: diminuição da energia + aumento da qualidade de vida, gerando lugares mais produtivos com consumo consciente.

E como é possível obter um projeto de iluminação, ou lighting design, de qualidade?  O primeiro passo está em conseguir o equilíbrio dos quatro pilares: necessidades humanas, arquitetura e economia, eficiência energética e meio ambiente.

A lighting designer, Zilda Zompero, diretora da Eletro Fios, empresa que é uma das líderes de mercado em iluminação, em Cuiabá-MT, e uma das participantes da Casa Cor MT,está acompanhando todas as novidades, juntamente com diversos empresários da capital e interior, e profissionais da área. O evento encerra dia 2 de julho.

Deixe seu comentário!

O Jornal Rosa Choque não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional, inseridos sem a devida identificação do autor ou que sejam notadamente falsos, também poderão ser excluídos.

Lembre-se: A tentativa de clonar nomes e apelidos de outros usuários para emitir opiniões em nome de terceiros configura crime de falsidade ideológica. Você pode optar por assinar seu comentário com nome completo ou apelido. Valorize esse espaço democrático Agradecemos a participação!

Todos os campos marcados com é de preencimento obrigatório.