Jornal Rosa Choque
Publicidade

Cuiabá - MT, 22-09-2019 às 06:35

Galeria

Campanha Doando Vida da BPW Cuiabá inicia com caminhada de sensibilização no Parque das Águas


Com grande participação de público, e cobertura ampla da imprensa, a Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais- BPW Cuiabá realizou no Parque das Águas, a "Caminhada Doando Vida", que teve como objtetivo sensibilizar as pessoas para a 17ª edição da campanha de doação de sangue  "Doando Vida". O evento foi uma forma  diferente  de comunicar a grande ação de  saúde e de responsabilidade social da ONG Feminina. Na oportunidade foram distribuídos materiais informativos sobre a importância de doar sangue ao Hemocentro, e oferecido um café da manhã saudável. No evento as associadas se integraram, levando amigos e familiares. Mulheres do Grupo Pertencer também se engajaram. O lançamento efetivo da campanha,  com a captação das doações ocorrerá no dia 26 de agosto, às 8 horas, na sede do Hemocentro. 

A primeira vice-presidente e coordenadora do Comite de Projetos da BPW Brasil, Mariza Bazo elogiou a forma com que a BPW Cuiabá está difundindo a Campanha Doando Vida, e  disse na oportunidade que sua vontade era estar presente em todas as partes do país, onde as BPWs orealizam o "Doando Vida", destacando que desde o início acompanha toda a transformação, do formato do evento e da elevação dos números atingidos de doadores.

Segundo a presidente da BPW Cuiabá, Zilda Zompero, desde que a campanha foi lançada, há 17 anos, pela fundadora da BPW Cuiabá, Sueli Batista, a participação de mulheres entre os doadores de sangue ao Hemocentro saltou de 3,5% para 40%. Proporcionalmente, lembra Zilda, às mulheres acabam tendo índices ainda maiores, já que, diferente dos homens, que podem doar sangue quatro vezes ao ano, as mulheres só podem doar três vezes. A presidente ficou emocionada e gratificada, disse que toda mobilização e sucesso do evento foi atribuído a Coordenação da Comissão de Saúde, que tem a frente Tatiane Barbieri, tendo como  vice Neuralice Moreira da Silva, jovem muito empenhada. Com a presidente, diretoria e  outras associadas engajadas, foi pensado em todos os detalhes, a exemplo da participação do Corpo de Bombeiros, Ambulância da Help Vida, tenda decorada, agua gelada  e farta e  bela mesa de frutas.

Zilda lembrou que na gestão de Sueli Batista como presidente da BPW Brasil, em  2012 a campanha tornou-se nacional e, em 2014, na gestão da presidente nacional Eunice Cruz mudou o nome para “Doando Vida”, ampliando seus objetivos para sensibilizar também o público masculino. O mote da campanha é além de doação de sangue,  órgãos e  leite materno. 

A coordenadora da Comissão de Saúde da BPW Cuiabá, Tatiane Barbieri, destacou a importância da conscientização para a causa. “Esta não é uma campanha somente da BPW, ela é de todas as pessoas”, defendeu Barbieri. Ela lembra que mesmo quando uma pessoa não pode doar sangue por alguma restrição, tem com ajudar. “Todos os dias têm milhões de pessoas precisando de uma transfusão de sangue, e de órgãos também. Então convidem às pessoas. Isso faz bem pra quem doa e pra quem recebe”, estimula. Ela operacionalizou tudo ao lado da vice-coordenadora Alice Moraes.

De acordo com o MT Hemocentro, neste período de férias o banco de sangue fica com pouco estoque, devido ao fato de muitos doadores viajarem. Em contrapartida, à demanda aumenta, em função de aumento no número de acidentes. “Pra gente, estas campanhas são importantes pelo cunho social, a forma como se fomenta a doação de sangue de forma responsável e fidelizada”, diz Magda Matos, captadora de doadores, ressaltando que o estoque do Hemocentro está baixo durante todo o ano.

A Caminhada 

A banda do Corpo de Bombeiros fez a abertura da caminhada. Havia também uma ambulância do Help Vida para dar suporte aos participantes, entre outros vários parceiros, mostrando o engajamento de forma voluntária à causa. 

 A presidente fundadora da BPW Cuiabá, Sueli Batista, que criou a campanha em sua gestão, admite entusiasmo com o resultado. “Quando eu fundei a BPW Cuiabá em 2001, no ano seguinte já estávamos com a campanha Sou Doadora de Vida, em apenas 4 meses de BPW nós já tínhamos este projeto”, destaca Sueli. Ela lembra que à época a Dra Hilvanete Fortes era a coordenadora de Saúde, da BPW Cuiabá e a imã dela, Dra Hildenete Fortes, era diretora do Hemocentro. “Foram elas que trouxeram para nós esta necessidade, pois as mulheres não chegavam nem a 4% de doadoras de sangue, e, além disso, a maior parte era das mulheres de baixa renda” lembra Sueli.

Nestas campanhas, segunda ela, surgiram as proposta de levar a iniciativa para a porta de Shopping. “Eu e a Mariza Bazo (hoje Vice Presidente da BPW Brasil) fizemos juntas toda gestão. Foi quando o ônibus do Hemocentro foi para frente do Shopping Goiabeiras para captar doações, e assim fomos formando doadoras: hoje somos 40% aqui em Cuiabá, e com certeza aumentou também em todo Brasil, pois a campanha se tornou um projeto nacional.”

A caminhada realizada no domingo foi de 1.5 quilômetros, rodeando todo o lago, os participantes estavam animados, falando palavras de ordem, e fazendo paródias inserindo a campanha doando vida na música popular brasileira. Foram parceiros da ação: Rede de Supermercados Comper, Água Mineral Purissima, Eletro Fios, Help Vida, Portal Rosa Choque.Veralice Valéria,Jacinta Okde, Margarethe Nunes, Magda Beatriz, JR Tecidos, Banda do Corpo de Bombeiros, CDL Cuiabá e Arte Verde.